terça-feira, 20 de setembro de 2016

Lavandula....vulgo Lavanda









Clicks: Mari


O gênero Lavandula, compreende um grupo de plantas floríferas ,herbáceas, anuais ou perenes.
As  espécies mais cultivadas são a Lavanda-Inglesa, a Lavanda-Francesa que são mais utilizadas na parte medicinal e perfumaria, e a Lavanda-espanhola que é mais utilizada no paisagismo.
As lavandas são ideais para formar maciços e bordaduras, podendo também ser plantadas em vasos e jardineiras.
Planta rústica e nada exigente quanto ao solo, mas exige um boa drenagem e sol o dia todo.
Suas flores azuis ou arroxeadas formam pequenas espigas  e são deliciosamente perfumadas.
Essas plantas são bem versáteis, são utilizadas no paisagismo, na medicina,na perfumaria e também na culinária.
Suas flores secas também são úteis tanto pelo perfume como na decoração.
Tive o prazer de conferir sua beleza e perfume quando visitei um Lavandário na cidade de Cunha em São Paulo.
Beleza e perfume que faz bem aos olhos e a alma.
E se quiserem se aprofundar mais sobre as lavandas, recomendo esse livro que coloquei no post.
A autora Claudia foi grande pesquisadora e estudiosa no assunto. Hoje ela não está mais por aqui, mas tenho certeza que ela deve estar colhendo lavandas no plano espiritual. 

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Petrea Volubilis.....Flor de São Miguel







Cliks: Mari


Trepadeira nativa do Brasil.
Com floração exuberante é ideal para pérgolas e caramanchões.
A flor em forma de cachos é de um azul arroxeado intenso e maravilhoso.
A floração se dá no fim do inverno e começo da primavera. 
Também existe a variedade com flores brancas.
Devem ser cultivadas a pleno sol e necessita de tutoramento.
Essas.... pelo colorido intenso me chamou a atenção e fui correndo clicar essas maravilhas.

terça-feira, 26 de julho de 2016

Erytrina Speciosa vulgo....Suinã








Cliks: Mari

Árvore nativa da Mata Atlântica e do Cerrado Brasileiro.
Mede entre 3 a 5 metros de altura.
Possui caule espinhoso e folhas grandes, suas flores são de um vermelho bem intenso em forma de candelabro.
Floresce de julho a setembro.
Essas cliquei no canteiro  central da Av. Orozimbo Maia aqui em Campinas. Passando de carro o vermelho intenso de suas flores chamam a atenção. 

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Vitória-Régia








Cliks: Mari

Planta aquática, considerada a maior do planeta, é típica da Região Amazônica.
Possui uma grande folha em forma de circulo que fica sobre a superfície da água, podendo alcançar 2,5 metros de diâmetro e suportar 40 kg, desde que bem distribuídos em sua superfície.
Sua floração ocorre desde o início de março até julho e suas flores podem ser brancas, lilás, roxa, rosa e até amarela.
O nome Vitória-Régia, foi dado pelos ingleses em homenagem à rainha Vitória, quando o explorador alemão Robert Hermann Schomburgh, a serviço da Coroa Britânica levou sementes para os jardins do palácio inglês.
Hoje com as novas tecnologias tanto de adubação e hormônios é possível controlar o tamanho das folhas e também fazer a polinização artificialmente fora de seu habitat natural, isto porque essa polinização é feita por uma espécie de besouro, típico da amazônia, que é atraído pelo odor das flores.
Essas beldades cliquei no Jardim Botânico Plantarum, na cidade de Nova Odessa,aliás um lugar fabuloso para visitar.

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Agapanthus Africanus.....vulgo Agapanto









cliks: Mari

Origem: África

Planta herbácea, tolerante a baixas temperaturas de inverno.

Suas flores lindas e numerosas  podem ser brancas,lilases ou azuis.

Sua inflorescência é bem durável, tornando-se excelente para flor de corte.

No paisagismo é muito usado para maciços e bordaduras.

Planta muito rústica e pouco exigente.

Deve ser planta a pleno sol em solo fértil.

Essas belezas encontrei em Santo Antonio do Pinhal ( MG ), fiquei maravilhada com a quantidade de Agapantos enfeitando a cidade. Belezas que encontramos, sem esperar,
que enche os olhos e a alma.


segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Hidrangea Macrophyla....vulgo Hortênsia










cliks: Mari

Originária da Ásia,China e Japão.

Arbusto rústico com floração espetacular.
Suas flores formam buquês e suas cores variam do azul, lilás,rosa e branca. 
Solos mais ácidos produzem flores mais azuis enquanto solos mais alcalinos dão flores mais rosas.
A hortênsia presta-se a bordaduras , macicos, cercas vivas ou simplesmente em vasos.
Deve ser plantada a pleno sol em solo bem adubado em matéria orgânica.
Aprecia frio sendo adaptada para lugares de maior altitude e de clima mais ameno.
Multiplica-se por estaca.
Essas das imagens flagrei em Santo Antonio do Pinhal e tive o prazer de clicar essas belezas espetaculares.